Vácuo

É como um aspirador no fundo das entranhas
leva tudo,
menos a dor,
aguda…

Quem dera ser novo e poder enganar-me sem perceber
mas não consigo,
sei de quem é a culpa
por mais que tente pôr a razão para tudo o que é mau nos outros,
não consigo fazer-me ver que assim é.

O sábio diz que é bom sinal, que estou a ficar como ele,
mas ele não é egoísta, ele não quer ser feliz, quer ser bom.

Eu sou só como os outros, quero que não doa…

Ti          
Dezembro 2006

%d bloggers like this: