Restos:

Vós não sois más pessoas;
sois piores, sois restos de civilizados.

Percebo que o medo leve a preconceitos, há aliás estudos que o provam.

Tratar alguém como indigente porque o achamos (independentemente de ser ou não) é reles.

Não julguem que me acho melhor do que vós. A única diferença é que tenho vergonha de discriminar enquanto vós o fazeis sem pudor.

Da próxima vez que sussurrardes “cigano” ou “pedinte”, lembrai-vos que todos os dias vos penso bestas, mas não o vocifero como um parvalhão que, sem conseguir, tento não ser.

Ainda assim, se eu seguisse o meu próprio conselho, calar-me-ia e deixar-vos ia viver a vossa vida.
Tal como não vale a pena ensinar a tabuada a um cão, porque nunca conseguiria aprender, também não espero que deixemos de ser descriminatórios nos pensamentos, mas rogo-vos que pelo menos deixeis de o assumir com garbo e remeteis essas ideias ao opróbrio do silêncio.

As melhoras.

Obrigado! Volta sempre que puderes! É bom saber de ti!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s