Elo

Tenho saudades tuas, do teu sorriso paciente, do teu ombro quente, onde poisar a cabeça.

Tenho saudade de ter coração, em vez de escombro. sinto falta da oração, como a que fazias todas as manhãs: a oração ao croissant, a reza do São Chocolate, ou a ladaínha da Santa Compota de Morangos Silvestres. Tenho saudades de pintar paredes contigo, com marcadores e lápis de cera, tenho saudades de fazermos de estátuas…

assim

de repente. Tenho saudades de receber visitas e lhes servir gelado de bróculos, ou então aqueles rissóis de chocolate, que adorávamos ver escorrer pelos lábios ultrajados dos convidados, (que pensavam ser de marisco)!

tenho saudades do futuro que tínhamos, com 5 filhos, viagens foleiras por não termos dinheiro para mais e muito mais felicidade do que o seria humanamente possível,
e a falta da tua perna quente a procurar-me na cama!

Ah! Com mil diabos, como me fazem falta os três mil elásticos de cabelos que deixavas pela casa toda

e os nomes que me chamaste quando lavei a tua camisa favorita junto com as minhas meias coloridas, mudando-lhe a cor para sempre!

acho que sou superficial
só gosto de ti por coisas
não te mereço…

Anúncios

Obrigado! Volta sempre que puderes! É bom saber de ti!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s