d’ Educar

Trabalhar o dobro, para ganhar mais e poder finalmente dar um videojogo à criança, não é amar.
Amar não é pedir para portar bem e ignorar se isso não acontecer.
Amar é fazer o melhor para o outro, mesmo contra a sua vontade.
Mas cuidado, a liberdade é um direito primordial! Por isso é que um bom par de estalos quando há uma birra, é muito mais amor do que um “Cala-te lá que eu dou-te um telemóvel da Hello Kitty”!

Anúncios

Obrigado! Volta sempre que puderes! É bom saber de ti!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s