Infância

O tempo na infância vale por cinco.
Cuidado com o que ensina, com os hábitos. É necessário gastar muito tempo a pensar, planear, meditar bem no que pretende para a criança, assim como o que deseja ela própria.
Qualquer erro vai ser 5 vezes mais difícil de corrigir, mas qualquer mérito estará também 5 vezes mais entranhado…

Anúncios

2 responses to “Infância

  1. Editado a 8.02.2010.

    Em conversa com o mestre expus-lhe a dúvida acerca da omissão sobre a vontade da criança.
    O mestre explicou-me que segundo a sua crença as crianças têm a mesma importância que os adultos. Assim, a omissão deve-se à presunção do respeito pela sua vontade.
    Ainda assim fui autorizado a acrescentar mais algum verbo que deixasse isto claro.

    Obrigado Andreia. 😉

  2. Cada Ser é único, e com necessidades de aprendizagem específicas.
    Em qualquer relacionamento que se estabeleça entre dois Seres existe sempre uma aprendizagem e crescimento mútuos.
    Não acredito na existência de modelos específicos, com “instruções no verso”, que certifiquem que se o colocarmos em prática na íntegra sejamos bem sucedidos.
    E o desafio está aí mesmo, em aprendermos, adaptarmo-nos e em renovarmo-nos, em cada momento, em cada passo.
    E como dizem os grandes mestres – as grandes realizações só são possíveis através de pequenos passos dados no dia-a-dia.

Obrigado! Volta sempre que puderes! É bom saber de ti!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s