Orgulho

faHá sentimentos que não devem ser alimentados.
O orgulho, sendo dos que mais respeito, é um desses sentimentos.
Não devemos ter medo de ser fracos, nem orgulho de ser fortes.
Ainda assim, às vezes não consigo evitar.

Um destes dias encontrei alguém, que guarda parte do meu coração, e vi uma luz tamanha, que foi comovente. Eu sempre soube (e disse-lhe) que tem em si tamanho para ser enorme entre os maiores, mas nunca me acreditou, nem em si. Ainda hoje duvida da sua capacidade, apesar de ser inevitável reconhecer que os outros admiram e acarinham este ser. Isto dá-lhe mais confiança e fá-lo ainda melhor. Se perder o medo não terá limites e aí, feliz, vou sorrir vitorioso dos que achavam este ser maravilhoso, apenas mais um, mais ou menos, assim assim.

Feliz e triste, fico orgulhoso do que este ser se está a tornar. Triste porque o apego não é bom, e feliz porque o apego é bom…

Ti
Janeiro 2009

4 responses to “Orgulho

Obrigado! Volta sempre que puderes! É bom saber de ti!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s