Ah! O abraço

Se eu te dissesse que o meu interesse por ti
(mas só por ti, não pelos outros)
é só platónico,
gosto da tua inteligência,
gosto do que sentes quando estás comigo,
gosto da tua profundidade

mas não quero o mesmo que tu
não de ti
de todas menos de ti

De ti quero o sorriso
quero até o abraço, mas prometo conter-me
mesmo que peças para não o fazer
não posso conspurcar-te com o desejo

És sagrada
e eu fundamentalista

Se queres suor, gritos e sexo
dou-te beijo, sussurros
e abraço

Ah! O abraço,

desse gostamos os dois


Pelo menos quando tu quiseres mais
e eu apenas tudo
podemos contentar-nos os dois com o abraço
daqueles que demoram,
demoram,
demoram…

Ti         
Setembo 2006

Anúncios

Obrigado! Volta sempre que puderes! É bom saber de ti!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s