Já não sou linda

Letra aqui, palavra ali
vão-se compondo enquanto espero por ti

Não tenho esperança que venhas
Prefiro encontrar-te em mim
acho que nem quero que me tenhas
por achar que é mais seguro assim

Mas não sou suficientemente forte
para me manter de pé
sigo um caminho à sorte

Não tenho vingança, raiva nem fé
não tenho vida, nem morte
Nem a importância do amor sei se é

Ainda me levanto com força,
mas o arame farpado que deixaste
roça, roça, roça
Já não sou linda, sou traste…

Vânia       
12/06/2006

Obrigado! Volta sempre que puderes! É bom saber de ti!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s