Escuro

desde que és que sempre foste a mulher da minha vida,
a minha vida é que nem sempre é minha
às vezes deixo-a escapar-se-me por entre os dedos

já comecei a carta para ti uma dúzia de vezes,
mas nunca consegui escrever alguma coisa realmente importante

É difícil dizer qualquer coisa, quando não se tem a certeza de existir
e é difícil sentir qualquer coisa, quando não se existe
não sei se existo

os sentimentos não se devem sobrepor à razão,
a razão não deve subjugar os sentimentos

a única coisa que importa é o que sinto por ti
e eu não tenho sentimentos

eu penso que gosto de ti,
mas isso não se pensa,
sente-se.

Sentes?
O dia está escuro,

como o mundo

ou será só o meu?

Ti.         
Fev.2008

Obrigado! Volta sempre que puderes! É bom saber de ti!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s